NOTÍCIA   

Gestão Helon Marins desmente comentários das redes sociais e dá os possíveis esclarecimentos sobre o ocorrido na CERCI

 

02 de FEVEREIRO de 2020
 

- Diante das últimas informações veiculadas em algumas redes sociais de nosso município, a Administração da CERCI, na pessoa de seu Presidente Helon Marins, vem confirmar que na última semana foi descoberto um esquema fraudulento de transferências e recebimentos de verbas da Cooperativa.
 A primeira atitude da CERCI foi buscar o responsável pela elaboração do esquema, além de reunir o máximo de provas e desligá-lo de suas funções internas com a maior economicidade para a sociedade cooperativista.
 A Polícia Civil foi imediatamente acionada e já começou a investigação sobre os fatos, com a oitiva de testemunhas e pessoas ligadas ao esquema de recebimento de valores indevidamente em suas contas bancárias, que possuem vinculo direto com esse ex-funcionário.
 A CERCI está colaborando com a investigação e por se tratar de possível cometimento de crime optou por não veicular maiores informações sobre o tema para não prejudicar a elucidação dos fatos.

 A Administração reitera seu compromisso de cooperação, transparência e boa-fé, e informa ainda que está tomando todas as medidas judiciais cabíveis. 
 Conforme as investigações forem avançando  novos informativos serão divulgados.

08 de FEVEREIRO de 2020

 

 Tendo em vista as informações irresponsáveis, espetacularizadas e distanciadas da verdade real, que circulam de forma imprudente e leviana em algumas redes sociais e órgãos de comunicação de nossa cidade, a CERCI esclarece o seguinte:

 Os atos que estão sendo investigados na esfera policial praticados por ex funcionário, somente foram possíveis de identificação graças as políticas de compliance adotadas pela administração, que foram recomendadas pelo atual Conselho Fiscal da Empresa.

 Tão logo foram levantados os indícios, prontamente, no âmbito interno foram apurados e identificados os atos, possibilitando a inequívoca e responsável constatação do ocorrido e seu executor, tudo ainda no mesmo exercício fiscal.

 O ocorrido não gerou e não gerará qualquer modificação ou alteração na tarifa de energia elétrica, sendo a mesma definida pelo Órgão Regulador, portanto não haverá qualquer alteração nas contas de energia, que devem continuar sendo pagas da mesma forma.

 Não obstante a tais fatos os Conselhos de Administração e Fiscal, vem aprimorando os controles e processo organizados para reduzir custos, ter eficiência e ter um ambiente de qualidade de informações, incluindo agilidade e tempestividade.

 Rememoramos ainda que o lamentável ato cometido por ex funcionário é tido como criminoso, e, que, tais fatos não são exclusividade de determinadas entidades ou de certos ramos de negócios.

 Elas atacam qualquer tipo de organização e assumem inúmeras e diversas formas, modalidades e características dentro e fora das empresas.

 Tornaram-se complexas e sofisticadas,acompanhando o progresso tecnológico.

 Gostaríamos de salientar que independente de nossos controles internos e da íntegra fiscalização de nosso conselho fiscal a Empresa ainda é fiscalizada anualmente por auditoria independente, que sempre ao final do exercício emite seu parecer sobre a situação encontrada na Empresa, prevenindo não só erros,mas apontando e corrigindo eventuais falhas.

 Por fim informamos que o procedimento criminal instaurado continua em fase de apuração, já tendo havido oitiva de diversas testemunhas e envolvidos e tão logo seja concluído divulgaremos as informações necessárias.

 

Compartilhar
Please reload

Notícias recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Serviço de Atendimento ao Consumidor

Endereço:
Rua Osvaldir Vicente Siqueira s/n

Papucaia - Cachoeiras de Macacu/RJ 

CEP 28.695-000

Dúvidas, Reclamações e Sugestões:
Sede - (21) 2745-9850

Emergências:

0800-282 2130

Facebook

 /cercinoface

Iluminação Pública

Cachoeiras de Macacu - (21) 2649-4814

Itaboraí - (21) 2635-7369

Rio Bonito - (21) 2734-1020

Saquarema - (22) 2653-0646

Silva Jardim - (22) 2668-1458/ 2668-1435

Tanguá - (21) 2747-2029 / 2747-4111

Bandeira tarifária do mês:

icon-app-store_edited.png
google-play22.png

CERCI - Cooperativa de Eletrificação Rural
Cachoeiras - Itaboraí

CNPJ: 27.707.397/0001-02    Inscrição Estadual: 82.622.268

aneel-logo.png
mat_1___somoscoop_marca_vertical_color_c

Site desenvolvido por

logo png.png

Uma luz, uma nova esperança